Professora Elaine Ignacio participa de encontro da SAB Nordeste

Coordenadora-geral do GEPAR irá fazer parte de mesa de debates e trabalhos da Sociedade de Arqueologia Brasileira

A partir de hoje (2) até sexta-feira (4), a Sociedade de Arqueologia Brasileira – sessão Nordeste – realiza sua VI Reunião, que irá ser composta por conferências e simpósios virtuais e que poderão ser acompanhados pelo público através do Youtube (clique aqui), encerrando as atividades no ano de 2020. Entre os 13 simpósios programados, a nossa coordenadora-geral Elaine Ignácio será presença ilustre compondo a mesa em um dos encontros.

Intitulado “Arqueologia e diálogos entre patrimônio cultural e educação patrimonial”, o terceiro simpósio acontece na quinta-feira (3) e abordará a relação entre arqueologia, patrimônio cultural e educação patrimonial e levanta o debate para ser discutido por profissionais dos ramos envolvidos sobre a relação interdisciplinar entre as três áreas e seus desdobramentos sociais.

Dentre os 16 trabalhos a serem apresentados, haverá a divisão em quatro blocos e a professora Elaine estará em dois deles: de 10h às 12h e de 16h às 18h – neste último, o nosso colega do GEPAR Max Ronny Marques apresentará seu trabalho “Escola, Comunidade e Educação Patrimonial: A Interface Interdisciplinar do Estudo Patrimônio“.

Os temas a serem apresentados abordam os mais variados sítios e comunidades localizados em diversos estados ao longo da região nordeste do Brasil, como Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Piauí, além de debater e refletir sobre a importância da pauta para a sociedade envolvida e entrelaçada às histórias e culturas locais.

Membros do GEPAR se tornam personagens

The Geparians são ilustrações baseadas em membros do GEPAR.

Com criatividade e técnica, o ilustrador e arqueólogo do GEPAR Mauro Junior criou os quatro personagens inspirados em membros do Grupo de Educação Patrimonial e Arqueologia. Além do próprio autor, The Geparians (nome dado por Mauro ao grupo ilustrado) conta em seu elenco com Elaine Ignacio, Almir Orsano e Max Ronny Marques.

Junto com Elaine Ignacio, coordenadora-geral do GEPAR, Mauro Junior está criando HQs e livros ilustrados com intuito de educar crianças, adolescentes e jovens sobre a importância de preservar o patrimônio cultural. Através da arte como ferramenta de aproximação, o autor objetiva que o público-alvo se interesse pela temática focada na arqueologia, disfrutando da maneira bem-humorada de suas obras para que adquira conhecimento, mas sem perder a verdade científica.

E aguarde que esses não serão os únicos personagens. Em breve, mais membros do GEPAR ganharão suas versões para quadrinhos.

Começa o curso online do GEPAR

Teve início ontem (1/9), o curso de capacitação docente na socialização do conhecimento em patrimônio cultural e educação patrimonial ministrado pelo Grupo de Educação Patrimonial e Arqueologia em parceria com a coordenadoria pedagógica de Itapipoca, ligada à secretaria de educação básica do município.

O curso, que tem 57 inscritos, está dividido em 5 módulos com a carga horária de 40 horas e que conta, entre os orientadores, com a professora Elaine Ignacio, coordenadora-geral do GEPAR,

Entre os orientadores estão a professora Elaine Ignacio, coordenadora-geral do GEPAR, e os membros do grupo Max Ronny Marques, Mauro Jr, Rodolfo Pereira, Francisco Junior e Almir Orsano.

 

Vídeo da 2ª live do GEPAR já está disponível

Para quem perdeu a segunda live do Grupo de Educação Patrimonial e Arqueologia realizada na última sexta-feira (14/8), ela já está disponível.

Com o tema “Arqueologia e história indígena: os parnaibanos antes de Parnaíba”, o encontro virtual teve como convidados os professores Mauro Jr, Max Ronny Marques, Francisco Junior e Julimar Quaresma.

A transmissão faz parte do projeto “Patrimônio cultural de Parnaíba e região”.

Amanhã é dia de live do GEPAR

No seguimento do trabalho de educação patrimonial e cultural realizado pelo Grupo de Educação Patrimonial e Arqueologia, nesta sexta-feira (14/8), às 19h, ocorre a segunda live do projeto “Patrimônio cultural de Parnaíba e região”.

O tema escolhido para esta edição é “Arqueologia e história indígena: os parnaibanos antes de Parnaíba” e, como convidados, terá os professores Mauro Jr, Max Ronny Marques, Francisco Junior e Julimar Quaresma.

Vale lembrar que a série idealizada pelo GEPAR é em comemoração aos 250 anos da transferência da Sede da Villa de São João da Parnahyba, para o Porto Salgado, além dos 250 anos da Matriz de Nossa Senhora da Divina Graça.

Portanto, não vá perder esse encontro!

Segunda live do grupo ocorrerá na próxima sexta (14/8) e tem como o tema arqueologia e história indígena.