O que é Educação Patrimonial?

A Educação Patrimonial é a essência do nosso trabalho e aqui no blog você vai encontrar informações, artigos, relatos e registros de experiências que vão ajudar a entender melhor a importância destas ações.

Mas afinal, o que é Educação Patrimonial?

A expressão Educação Patrimonial foi introduzida no Brasil na década de 80, e foi
inspirada em trabalhos e experiências educacionais desenvolvidas na Inglaterra.

A Educação Patrimonial é uma forma de estimular os cidadãos a valorizarem e conservarem seu ambiente e o patrimônio cultural que o integra. Ela analisa a
construção cultural dos grupos e indivíduos e relaciona-as ao patrimônio e as ações
educativas patrimoniais.

Reconhecer que todos os povos produzem cultura e que cada um passa a formar
diferentes modos de expressão, é importante para aceitar a diversidade cultural, a pluralidade e o reconhecimento de que há culturas distintas. Por outro lado, é entender que não há cultura melhor que a outra.

A Educação Patrimonial valoriza a memória da cultura do povo, ajudando a se apropriar destes conhecimentos e preservar o que existe de mais importante para determinado grupo social. Alguns exemplos de patrimônio cultural são: sítios arqueológicos, objetos artísticos culturais, estruturas arquitetônicas, criações científicas, modos de fazer, agir, pensar de um grupo.

30 Redeiras de Pedro II01
Mãos que tecem o patrimônio – Redeiras de Pedro II – PI

Preservar essa memória e a cultura herdada dos antepassados é essencial para construirmos também o futuro, através de uma preservação sustentável desses bens para as futuras gerações.

“Educação Patrimonial trata-se de um processo permanente e sistemático de trabalho
educacional centrado no Patrimônio Cultural como fonte primária de conhecimento
individual e coletivo. A partir da experiência e do contato direto com as evidências e
manifestações da cultura, em todos os seus múltiplos aspectos, sentidos e significados,
o trabalho de Educação Patrimonial busca levar as crianças e adultos a um processo
ativo de conhecimento, apropriação e valorização da herança cultural, capacitando-os
para um melhor usufruto desses bens, e propiciando a geração e produção de novos
conhecimentos, num processo contínuo de criação cultural (HORTA; GRUBERG;
MONTEIRO, 1999, p.06).”

A educação patrimonial ainda é pouco difundida na sociedade e nas escolas. Em razão disso, o trabalho do EPA  busca contribuir para a construção de uma visão integrada sobre o lugar e o patrimônio ali existente. Acreditamos que é necessário constituir caminhos didáticos e pedagógicos para que as ações patrimoniais possam fazer parte do dia-a-dia e sejam algo concreto e contínuo, especialmente no contexto escolar de diversas cidades do Brasil.

As ações desenvolvidas pelo Grupo EPA visam da mesma forma à valorização e (re)conhecimento do patrimônio cultural pela comunidade, tendo como
finalidade o aprofundamento das discussões acerca do conhecimento sobre o tema e como este se torna um instrumento importante de promoção e vivência da cidadania, gerando responsabilidade, valorização e preservação do patrimônio. Assim, o grupo EPA promove a multiplicação de conhecimento através de suas ações ligadas à formação de professores das regiões contempladas pelo projeto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s